DC Arquitetura




18nov/113
MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO:

Bambu vira revestimento em versão high-tech.

A planta, de apelo sustentável, vira matéria prima de pisos e painéis industrializados e conquista mercados fora do eixo China-Japão. No Brasil, a recém-criada Política Nacional do Bambu promete estimular o cultivo e criar condições para uma produção nacional de alta tecnologia a partir da chamada “madeira do futuro”.

Reportagem Aline Moraes

O bambu pode ser resumido numa palavra: “versátil”... Características como rigidez e resistência podem superar as da madeira e ser comparadas às do aço.
...
A Política Nacional de Incentivo ao Manejo Sustentado e ao Cultivo de Bambu (PNMCB), instituída pela Lei 12.484, quer promover o manejo sustentado das florestas nativas e o cultivo comercial, oferecendo incentivos para a agricultura familiar. Deve também impulsionar pesquisas e o desenvolvimento tecnológico desse “supermaterial”, que é leve, flexível e, ao mesmo tempo, tão resistente. Além de ser renovável, pois a planta cresce rapidamente e continua produzindo após a retirada das varas, os chamados “colmos”.


Com tantas vantagens, novos e melhores materiais feitos a partir do bambu, como revestimentos e estruturas, têm sido pesquisados e surgido no mercado.

Laminados de bambu:



São encontrados no mercado na forma de móveis; pisos laminados;  painéis decorativos para aplicação em paredes com o mesmo visual do assoalho ou ainda no estilo pastilhado;


... Grupos de universidades e institutos de pesquisa espalhados pelo País vêm desenvolvendo, de forma experimental, mas com sucesso, produtos de alta tecnologia a partir do bambu – como laminados, aglomerados, estruturas e materiais construtivos – e o maquinário adequado. Desde 2008, a Rede Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento do Bambu (Redebambu/BR) bambu reúne projetos nessa linha, apoiados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Especialistas esperam que a recém-aprovada Política Nacional do Bambu permita levar esse esforço de inovação para além dos limites dos laboratórios, em escala comercial e competitiva.

Acesse aqui para ler a reportagem completa em casa.com.br

17maio/110
Programa Transformação – Ateliê de Artesanato